Lucros e dividendos de usufrutuários de ações estão livres de Imposto de Renda


A Receita Federal reconheceu que estão isentos de Imposto de Renda os lucros e dividendos recebidos por usufrutuários de ações – aqueles que, embora não sendo titulares da nua-propriedade das participações societárias, recebem os seus frutos. A decisão está na Solução de Consulta COSIT nº 38, publicada em 30 de abril, e põe fim à insegurança jurídica em relação ao assunto.

Os lucros e dividendos calculados sobre o lucro contábil e distribuídos aos sócios e acionistas de empresas são isentos do imposto de renda e da contribuição social sobre o lucro desde janeiro de 1996, com o advento da Lei nº 9.249/1995.

A advogada Michelle Pinterich, da SPTB Advocacia, esclarece que, “sob a ótica do contribuinte, não há dúvida de que o usufrutuário das participações societárias deveria gozar do mesmo tratamento dispensado ao proprietário, por serem ambos beneficiários dos lucros isentos.” Apesar disso, em autuações fiscais, a Receita Federal considerava o usufruto como um planejamento tributário abusivo e negava a isenção ao usufrutuário.

Segundo Michelle, a instituição de usufruto sobre participações societárias é uma ferramenta lícita bastante utilizada nas reorganizações societárias e  planejamentos sucessórios e tem como premissa justamente o recebimento dos dividendos por parte do usufrutuário. “O mesmo raciocínio pode, inclusive, ser estendido ao pagamento de juros sobre o capital próprio aos usufrutuários”, complementa.

Com a Solução de Consulta COSIT n° 38/2018, a Receita alinha seu entendimento com a jurisprudência mais recente do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais – CARF -, conferindo maior tranquilidade aos contribuintes.


MICHELLE PINTERICH

Sobre MICHELLE PINTERICH

OAB/PR 21.918
michelle@sptb.adv.br

Bacharel em Direito pela UFPR (1994);
Especialista em Direito Contemporâneo pelo IBEJ/PR (1997);
Mestre em Direito Tributário pela UFPR (2001);
Professora de Direito Tributário na graduação (2004-2006) e na pós-graduação da UNICURITIBA (2004-2011);
Membro do Instituto de Direito Tributário do Paraná desde 1999;
SÓCIA TITULAR DESDE 2010.

Áreas de atuação:


Direito Tributário e Aduaneiro
Planejamentos Sucessórios e Societário/M&A.

Últimas Publicações & Artigos

Oportunidade de parcelamento de dívidas do Simples Nacional

Receita Federal e Procuradoria da Fazenda Nacional prorrogam diversos prazos

Novas modalidades para parcelamento junto à Receita Federal e PGFN

PGFN divulga regras da transação excepcional

Prorrogação do vencimento do PIS/Pasep, COFINS e contribuições previdenciárias

Compartilhe este artigo através do LinkedIn.

Cadastre seu e-mail.
Receba mensalmente o Informativo SPTB.

Rua Ver. Washington Mansur, 292 – Ahú
CEP 80.540-210 – Curitiba – Paraná- Brasil

secretaria@sptb.adv.br
|+55| 41 3079 0200