Empresas do Simples têm até julho para aderir a parcelamento especial


Cerca de 600 mil micro e pequenas empresas cadastradas no Simples Nacional, além de microempreendedores individuais (MEI) devem ser beneficiados pelo Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optantes pelo Simples Nacional (Pert-SN), inserido na Lei Complementar (LC) 162/2018, que entrou em vigor após o Congresso Nacional derrubar os vetos do presidente Michel Temer.

O Pert-SN, que foi regulamentado pelas Resoluções CGSN n°s 138 e 139, de 23 de abril de 2018, permite o parcelamento de débitos apurados no âmbito do SIMPLES e do SIMEI, vencidos até novembro de 2017, inclusive aqueles já parcelados anteriormente.

Segundo a advogada Michelle Pinterich, da SPTB Advocacia, o Pert-SN oferece descontos bastante vantajosos para a regularização de débitos, inclusive aqueles já inscritos na dívida ativa e em cobrança judicial. “Os REFIS anteriores e suas reaberturas impediram a adesão de empresas do SIMPLES, que contavam apenas com o parcelamento em até 60 meses. Por isso, o Pert-SN pode ser uma oportunidade única para o contribuinte ficar em dia com a Receita Federal e a Procuradoria da Fazenda Nacional, podendo obter certidões de regularidade fiscal.”

O Pert-SN exige o pagamento de uma entrada em espécie de 5% do valor da dívida consolidada, sem reduções, em até cinco parcelas mensais. Para o restante, os contribuintes terão três opções:

  • Liquidar a dívida em parcela única, com redução de 90% dos juros de mora e 70% das multas
  • Parcelar a dívida em até 145 vezes, com redução de 80% dos juros de mora e 50% das multas
  • Parcelar a dívida em até 175 vezes, com redução de 50% dos juros de mora e 25% das multas

Para qualquer das três alternativas, o abatimento dos encargos legais, incluindo os honorários advocatícios, deve ser de 100%, e as parcelas são acrescidas da SELIC. A parcela mínima é de R$ 300,00 para as empresas do SIMPLES e R$ 50,00 para os microempreendedores individuais (MEIs).

O prazo de adesão ao Pert-SN se encerrará em 9 de julho de 2018 e até essa data, ficará suspenso o prazo para comprovar a regularização dos débitos que possam ter motivado a exclusão do SIMPLES.


MICHELLE PINTERICH

Sobre MICHELLE PINTERICH

OAB/PR 21.918
michelle@sptb.adv.br

Bacharel em Direito pela UFPR (1994);
Especialista em Direito Contemporâneo pelo IBEJ/PR (1997);
Mestre em Direito Tributário pela UFPR (2001);
Professora de Direito Tributário na graduação (2004-2006) e na pós-graduação da UNICURITIBA (2004-2011);
Membro do Instituto de Direito Tributário do Paraná desde 1999;
Membro da Comissão de Direito Tributário da OAB/PR desde 2016
SÓCIA TITULAR DESDE 2010.

Áreas de atuação:


Direito Tributário e Aduaneiro
Planejamentos Sucessórios e Societário/M&A.

Últimas Publicações & Artigos

Receita Federal prorroga o prazo de declaração do Imposto de Renda

Oportunidade de parcelamento de dívidas do Simples Nacional

Receita Federal e Procuradoria da Fazenda Nacional prorrogam diversos prazos

Novas modalidades para parcelamento junto à Receita Federal e PGFN

PGFN divulga regras da transação excepcional

Compartilhe este artigo através do LinkedIn.

Cadastre seu e-mail.
Receba mensalmente o Informativo SPTB.

Rua Ver. Washington Mansur, 292 – Ahú
CEP 80.540-210 – Curitiba – Paraná- Brasil

secretaria@sptb.adv.br
|+55| 41 3079 0200